quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

"O primeiro dia do resto de nossas vidas"

Dá um belo nome de filme (acho até que existe)... Mas eu estou falando de uma sensação que eu sentia e vi na carinha do meu filho ontem.

O primeiro dia de aula!!!

Lembro bem de um desses dias, acho que na 4ª série, que eu acordei, ainda estava escuro, e comecei a separar os acessórios para combinar com o uniforme bege (horroroso). Limpei os pingentes de prata para colocar na correntinha, escolhi o melhor tênis, tomei café e parti para a escola com a certeza de que daquele dia em diante, tudo ia ser diferente.

Meu filhote agora está no 6º ano. Prédio novo da escola velha, os amigos mudaram de classe, 11 professores e liberdade para ir e vir pela escola. Está indo de perua escolar (mais liberdade), agora estuda de manhã e os cadernos não precisam mais ser encapados.
Bobagem? Não. Ele está radiante!

Ele pulou da cama às 6:45, se trocou e, enquanto esperava eu fazer o café da manhã, olhou pela janela com um sorriso de satisfação e disse: "Nossa, a rua tá deserta!!!"

A perua se foi, e eu até que tentei dormir mais um pouco, mas não consegui. Fiquei pensando em como o tempo voa, como ele está grande e responsável, e em todas as aventuras que ele ia viver daqui pra frente.

Juro que foi ontem que eu estive no lugar dele.

Peguei ele na escola, e perguntei tintim por tintim. E como um bom pré-pré-adolescente, ele foi monossilábico e tive que me contentar com o pouco que eu consegui arrancar do mocinho.

Não sei se vai ser o suficiente para vocês (não foi para mim), mas...
  • Tinha fila na cantina.
  • Ele comeu de lanche: um dogão e um suco.
  • O professor de Geografia (irado!!!) contou uma piada.
  • Na classe dele está o Arthur, o Vini, o Antônio, o Gabriel, a Laura, a Milene e a turma da Mariana Hora.
Mais que isso, só na próxima espremidinha...

Enquanto ele deixa eu agarrar, eu aproveito!!!


6 comentários:

  1. Eita...
    Vc me emocionou filhota...
    De repente, me deu uma saudade do que eu não vivi...
    Aproveita...
    Esse tempo dos filhos com a gente é tão curto...
    Eles voam, por vezes, mais cedo do que gostaríamos...
    Ele tá "um adulto"(Bebela)...
    Mas um adulto da melhor qualidade...
    Amo vcs...
    Ne

    ResponderExcluir
  2. Ahh... Passa rápido, né?
    Agarra muito!

    ResponderExcluir
  3. Adorei seu jeito de contar o primeiro dia de aula, os meu gêmeos estão indo este ano para o sexto ano também passei horas esperando não sei o que na porta da escola, e lembrando dos dois amores indo pequeninos para a salinha.
    Agora carregando as próprias mochilinhas e só ganhei uma piscadinha pode?
    Fique com Deus

    ResponderExcluir
  4. Também amo ser mãe, e no meu caso é a mocinha de 9 que está no 4º ano que me surpreende.Se pudessemos acho que congelaria para te-los sempre perto.São super carinhosos os dois mas já não dá pra beijar muito na frente dos amigos.(Olha o mico né mãe). Enquanto ainda podemos vamos agarrar para depois aguentar a espera até que eles de novo nos peguem no colo.
    Bjs e até mais.

    http://paravoceeufizassim.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Ai Ju, que filho lindo!
    Um gatão, na verdade!

    Adorei a maneira como vc descreveu as coisas, principalmente a conversa que vcs tiveram, ehhehee

    ResponderExcluir
  6. Nossa, fiquei emocionada com o seu relato! rs
    Morro de medo de ter filho, não sei porquê... Mas esse seu blog já está ajudando a me animar a arranjar um pra mim também! =)
    Bjs

    ResponderExcluir

O que você acha???