terça-feira, 24 de maio de 2011

Duvido de quem não gosta de criança!

Discurso que parece bem óbvio para uma mãe de 3 crianças!
Mas é muito mais que isso...

Respeito quem não quer ser mãe ou pai, e até admiro, (melhor que botar um filho no mundo de qualquer jeito) mas levantar bandeira ou ser indiferente com uma criança, para mim, não dá!

É como o Samuel Rosa diz, é improvável é impossível:

"É como não sentir calor
Em Cuiabá
Ou como no Arpoador
Não ver o mar..."

E eu ainda acrescentaria: "Ganhar um sorriso de criança e não sorrir de volta"
Eu sei, não rima e nem combina, mas faz o maior sentido!

Um Pediatra super famoso da cidade mora no meu prédio. O cara é capaz de subir no elevador 1000 vezes com os meus filhos e não falar bom dia.
Como pode ser a consulta de um profissional dessa área, que não sabe ser simpático com três crianças no elevador do prédio?
Não levaria meus filhos no consultório dele por NADA nesse mundo!

Em compensação, tem um outro vizinho que eu adoro, só pelo jeito dele com a Lia!
Não sei se ele deve na praça, nem se ele xinga alguém no trânsito, mas para mim só o fato dele gostar do universo infantil e se interessar pelos pliés que a minha filha fez no ballet naquele dia, já é um ótimo termômetro para ele ser chamado de gente boa!  


foto: Patrícia Duarte

49 comentários:

  1. Também não entendo, podíamos mudar a música: "Quem não gosta de criança, bom sujeito não é, ou é ruim da cabeça ou doente do pé!" :)
    Beijos
    Gabi
    minhas3filhaslindas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Putz... e pq o infeliz não foi ser urologista, então?? Não entendo!

    Seu post me fez lembrar da Joana, minha caçula (7 meses). Ela é meio que acostumada - apesar da pouca idade - a ter atenção. É normal pra ela (e às vezes incômodo para a mãe) que num passeio de shopping sejamos parados, pelo menos, umas 4 vezes para alguém mandar um elogio em tatibitati. Agora pensa vc... esse ser (que se abre em sorrisos para qualquer um que falar com ela) dentro do elevador encarando SEM PARAR a pessoa... só pq não levou a "cantada" de sempre. É hilário e virou moda!! Se a pessoa entra e não fala ela olha, olha, olha até a pessoa se virar e dar um sorrisinho... aí ela fica satisfeita e devolve um sorrisão!! Figuraça!
    bjs
    Fabiana
    http://2-ao-quadrado.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. E pior é que existem sim, uma pena...
    Mas, fazer?
    Beijocas,
    Aretusa, mamãe da Doce Sophia

    ResponderExcluir
  4. Pessoal eu acho absolutamente normal não gostar de crianças, sorry... Eu mesma não sou muito fã crianças, não seria capaz de nenhum tipo de grosseria ou desrespeito, mas me incomoda imensamente ter que fingir ou bricar com a criança de alguém para manter as boas relações. Desculpem mas se alguém não faz bulú bilú para uma criança não deixa de ser uma boa pessoa, é apenas uma boa pessoa que não gosta de crianças (e que não deve trabalhar com isso, é claro).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tb concordo. Ninguém é obrigado a gostar!

      Excluir
    2. Concordo plenamente!!! Texto bem infeliz este... Não curto crianças, jamais destrataria, faria algo ruim á elas e sou protetora de animais, essa é a minha praia, cuidar de bicho, limitar um ser humano e classificá-la apenas por não ser simpática com crianças é ridículo!

      Excluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Também não gosto de crianças, principalmente bebês e suas mães babonas. éca.

    ResponderExcluir
  7. um babaca que fala uma coisa dessas não sei não... um dia foi criança tbm e só pode ter sido ignorado pela familia ou por pessoas que "não gostam de crianças"

    ResponderExcluir
  8. Eu também não gosto de criança, não adianta as pessoas falarem "mas você também já foi criança" pq isso não muda nada
    Eu sou misantropa e crianças ou grandes agitações perto de mim me deixam irritada, então prefiro que elas fiquem lá perto de suas mães do que perto de mim, elas bonitas realmente mas não ajuda em nada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo. " vc ja foi criança" poia bem, eu nao tinha que me aturar!
      As mamaes de plantao nao conseguem perceber que as pessoas nao sao obrigadas a corresponderem as exoectativas delas em relacao aos seus filhos. Ninguem tem quw entrar no elevador e fazer vozinha para a crianca,mexer com ela e sorrir. ( o bom dia tinha q ter dado.pois é falta de educacao!mas so isso)!
      De todas as mulheres que existem no mundo uma grande parte nao tem instinto materno. Algumas nao se entendem, outras sabem que esse sentimento se desenvolve por causa da sociedade que vivemos que acha que a so pq tem utero tem que usa-lo,dai assim q a menina nasce ela ganha una boneca. Da mesma forma tem homens q sao minimamente educados na presenca de uma crianca, assim como tem outros q adoram, ass como tem outros que fingem gostar para se aproximar da mae. A matematica é simples: mamae controle sua expectativa.

      Excluir
    2. Parabéns! Exatamente isso. Eu entro sim no elevador e só falo bom dia, boa tarde ou boa noite. Não fico de mimimi com a pirralha da. Não gosto e nso fico de falsidade. Crianças me irritam!

      Excluir
  9. Também passo. Criança é muito legal, desde que longe de mim! Prefiro ser sincero e dizer que não gosto do que usar de artifícios falsos como "bilu-bilu", "que criança linda!" e por aí vai, só pra satisfazer o ego do pai e/ou da mãe.

    ResponderExcluir
  10. Olha, também não gostou de crianças ( não quer dizer que maltrato ou sou indiferente) mas é opinião pessoal, tem gente que não gosta de gato por exemplo isso não faz dela uma pessoa boa ou ruim, ela simplesmente não gosta.
    Porém acho que muitos pais não veem como seus filhos podem ser incômodos a algumas pessoas, eu sou casado e não tenho nem quero ter filhos, mas mesmo assim quando recebo amigos que tem filhos em casa tenho que me silenciar quando os pequenos fazem bagunça, sujam ou quebram coisas em casa "afinal são crianças não? qual o problema de pisar no seu sofá?" Só acho que assim como tenho educação de não me intrometer em como os filhos dos demais devem se portar, os demais deveriam ter educação de controlar seu filhos para os demais

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato!!! Mtas vezes a culpa nem é tanto da criança, mas sim dos pais que não educam direito, e ai acabamos não suportando a criança.

      Excluir
    2. É muito fácil julgar os pais pela a educação e a criança pela falta de, mas vcs se esquecem apenas de uma coisa: crianças têm temperamentos, humores e personalidade assim como qualquer ser humano de qualquer idade! E quebram regras, a diferença é que não fazem isso apenas quando não tem ninguém olhando as mães não podem encoleirá las ou armordaçá-las! Então, deixem de ser egoístas e tenham o mínimo de empatiacom as mães e com seus filhos, pois um dia serão adultos também e vcs, velhos, precisarão deles!

      Excluir
    3. Eu não sou egoísta. Só não sou obrigada a aturar criança mal educada. Criança tem q ter regra sim. É por isso que esse país está do jeito que está, pq todo mundo acha que criança tem que fazer o que quer. E depois quando crescem vão aprender duramente na rua que a vida não é assim.
      Quer ter filho,seja capaz de educa-lo e formar um cidadão que acrescente na sociedade.

      Excluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Nossa!!! Fico até feliz em saber que existe gente como eu que não curte crianças... é mto raro achar uma criança que nao seja chata, em principio por culpa dos pais claro! Fazem todas as vontade e gostos e os seresinhos crescem insuportavis.... e nós somos obrigados a achar tudo lindo. 
    Sinceramente não consigo ser como mtas mulhres que ao verem um bebê ou criança ja dizem:"ohhh que coisinha linda! "Oh meu Deus que fofura". Pra mim são pequno humanos que vão crescer e perder a inocência se tornarão copias dos pais, que vamos combinar nem sempre são pessoas justas e corretas... enfim... é um assunto mto complicado. Vejo que os pais querem que seu filho seja o bebê mais maravilhoso e amando do mundo e se alguem ignora ohhhh é o fim do mundo.
    Eu sou louca por animais, tenho meu cão como um filho, mas não fico de cara feia se alguem não vir até ele e disser: "ohhh que cachorro lindo.... ohhh ohhh ele é educado... sabe da a pata e sentar... ohhhh". Não! Se dizem algo fico feliz. Se não dizem é pq nao sabem reconhecer um belo cão (rs rs bribacdeiras a parte) se não dizem não me importo... ninguem é obrigado a gostar de nada. Mas deve respeitar. Claro. Jamais faria mal a uma criança. Ja até salvei uma de cais numa escada rolante... mas isso qualquer pessoa de principios faria. Só não concordo mesmo é com a imposição da sociedade que me encara como se eu fosse satã quando digo que não gosto de crianças.

    ResponderExcluir
  13. Eu também não ligo para criança. Ainda mais hoje em dia com tanta mãe cheia frescura. Vai que tu faz uma coisa contra a cartilha da "empoderada". Então, na duvida, nem olho direito. Alguns bebês são até simpáticos, mas se eu não conheço a mãe, ignoro-os solenemente.

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. E se eu subisse no elevador com as suas crianças as ignoraria. Não é nada pessoal, é porque não ligo, não me interessa. Nem reparo em criança, na verdade.

    ResponderExcluir
  16. Também não gosto de ficar mimando criança. E nem por isso me considero uma pessoa anormal, até mesmo porque, tem muita gente por aí que faz de tudo para ganhar a confiança da criança só para machaca-las. Então, ao invés de Vc ficar se ligando em músicas e clichês, Vc deve pensar duas vezes em se deixar levar por elogios de estranhos.Infelizmente o mundo não está para brincadeira!!!

    ResponderExcluir
  17. Também não gosto de ficar mimando criança. E nem por isso me considero uma pessoa anormal, até mesmo porque, tem muita gente por aí que faz de tudo para ganhar a confiança da criança só para machaca-las. Então, ao invés de Vc ficar se ligando em músicas e clichês, Vc deve pensar duas vezes em se deixar levar por elogios de estranhos.Infelizmente o mundo não está para brincadeira!!!

    ResponderExcluir
  18. "Ser indiferente com uma criança é quase falta de caráter" Bom, caráter é um conceito que ao longo da história passou por muitas modificações. Vale lembrar que carater é um conjunto de convenções sociais que estabelecem a moral e a etica. E claro que isso varia com a cultura e com o tempo (ano, seculo)pois cada sociedade desenvolve uma mentalidade correspondente a seu periodo, ok? E mesmo com tantas variações a " indiferença " ou o gosto pessoal nao foram colocados como desvio de caráter. Serei mais direta: no medievo a crianças era tratada como adulto, inclusive os mais velhos chamavam os " anjinhos de hoje" como " adultos imbecis" pois pouco sabiam. E mais, essa ideia de criança " anjinho" é fruto da modernidade, pois ate o medievo crianca trabalhava feito adulto,matava, cacava, e pasme-se transava ( a ideia de pedofilia nem sequer existia na mentalidade de epoca). Toda esse pensamento de que a crianca tem a ausencia da maldade, é a pureza e o bem faz parte de uma mentalidade contemporânea. Para exemplificar a esposa favorita de Maomé tinha apenas 13 anos? Sera que 13 anos ainda é criança? Será que nessa epoca era considerada crianca? Como devia ser a mentalidade dessa menina? Sera que ja tinha iniciado o seu ciclo menstrual?

    ResponderExcluir
  19. "O cara é capaz de subir 1000 vezes no elevador com meus filhos e nao falar bom dia" uma boa educação ensina que devemos cumprimentar todos quando adentramos a um recinto. Ele so foi mal educado. E ponto. O problema maior e o motivo de vc ficar indignada foi o fato dele ter frustrado suas expectativas com relacao a atitude dele ao ver seus filhos. Ao contrario do outro vizinho que você considera "gente boa" ( fique ligada em lobos com pele de cordeiro), esse nao brincou, nao fez vozinha ou sorriu para seua filhos e era exatamente o que vc esperava que acontecesse. So que nao aconteceu. Com isso ele rapidamente cativou a sua antipatia. Na sua otica, seus filhos, enquanto criaturas especiais desse mundo ( o ser humano tem a tendencia a se achar especial e unico e a sua criatura tambem) deveriam receber outro tratamento. Um tratamento a altura, ou seja, mimos e fofuras. So que nesse mesmo mundo de pessoas q se sentem especiais e unicas, existe uma populacao enorme, inclusive de mulheres que nao simpatizam com a maternidade e nao sentem a menor atração por criancas. Algumas procuram terapia achando que sao "anormais" , mas nao. Como dizia Simone Beauvoir " vc nasce mulher, mas nao nasce mãe, vc se adapta para se-lo, se acostuma a se-lo,deseja se-lo e escolhe se-lo" e tudo isso comeca quando damos no aniversaroo de 1 ano de uma menina uma boneca. Ai comeca o treinamento da maternidade. Assim como mulheres que portam um utero podem nao se sentir realizadas c a maternidade ou nao ter vontade de viver essa experiência, homens menos ainda. Alguns amam crianca mesmo. Outros toleram,ja outros agradam para obter a atencao da mae ( essa estrategia sempre funciona).
    O remedio é um só: controle sua expectativa sobre um estranho, ele nao tem a obrigacao de amar e idolatrar seu filho como vc!

    O lixeiro gosta de lixo? O professor gosta de cada item na meteria que aplica? O bancario adora contar dinheiro? O pediatra pode ser um excelente pesquisador especializado em alguma disfunção rara e ser fascinado no desenvolvimento do corpo infantil. Isso ja seria o bastante para ele se especializar nessa area. " gostar de criancas" nao consta como pre requisito na grade de pediatria. E isso nao desqualifica seu curriculo profissional, muito menos sua conduta. Imaginemos: o seu vizinho pediatra atende 20 criancas por dia, chorando, com muco nasal e evacuando sem parar. Recebe pais baboes, cheios de expectativa. Ele para nao frustar aqueles q pagam a consulta fica elogiando os bebes para inflar o ego de cada pai e mae que entra no consultorio, tudo para dizer que a crianca esta com uma " virose". Para piorar, ele entra no elevador exausto pensando numa ducha e depara-se com parte do consultorio dele dentro do elevador. O inferno de Dante para qualquer um!
    Conclusao: assim como animal alguns adoram acariciar e outros nao. Criancas tambem sao assim. Alguns adoram fazer vozinhas no elevador e outroa tratam como um ser humano comum. Viva a diferença!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela analise minuciosa do meu texto!
      A opinião de todos é importante.
      Viva a diferença!

      Excluir
  20. Também não gosto de criancas e seus filhos seriam sim ignorados por mim no elevador ou em qualquer outro lugar. Como é bom ver que não gostar de crianças é mais comum do que eu imaginava. Não faço mal a ninguém, muito menos para a pirralhada, só não as quero perto de mim!

    ResponderExcluir
  21. Eu também não gosto de criança e não quero ser mãe, acho criança um pé no saco, ngm é obrigado a gosta o problema de qm e mãe e achar que todas as pessoas são obrigadas a gostar de crianças e terem filhos, as escolhas de cada um devem ser respeitadas cada um vive como quer, eu não sigo esses padrões impostos pela sociedade que tda mulher tem que ser mãe.

    ResponderExcluir
  22. Eu também não gosto de criança e não quero ser mãe, acho criança um pé no saco, ngm é obrigado a gosta o problema de qm e mãe e achar que todas as pessoas são obrigadas a gostar de crianças e terem filhos, as escolhas de cada um devem ser respeitadas cada um vive como quer, eu não sigo esses padrões impostos pela sociedade que tda mulher tem que ser mãe.

    ResponderExcluir
  23. Acho esse tal pediatra mais confiável do que qualquer outro (adoraria ter o seu cartão). Ele é médico especializado em FISIOLOGIA INFANTIL. O que ele precisa ser é competente e ter responsabilidade com a VIDA. Ele teria obigação de ser simpático se fosse RELAÇÕES PÚBLICAS OU DIPLOMATA, Não médico.
    Quanto ao caráter, confio mais no de quem declara não gostar de crianças do que no dos que fingem gostar ou dos que impõe aos outros as suas preferências.Aos que realmente tem caráter cabe o respeito.

    ResponderExcluir
  24. Po, vo confessar aqui minha gente, obrigado!!!tava me sentindo mal pra cacete e ver que existem pensamentos como o meu me deixa mais tranquilo, ja tava preocupado aqui achando que era uma pessoa ruim rsrsrs.Que ótimo que tem gente que consegue entender q o fato d vc dizer q não gosta, não tem simpatia, ou não tem a menor paciência pra crianças não significa que tu é um monstro sem coração que maltrata criancinhas. Ando tendo problemas no local que moro de um tempo pra cá devido a uma dupla de pirralhos irritantes e abusados que se mudaram a pouco tempo e simplesmente infernizam a vida alheia todo fim de semana, com uma gritaria do cacete, pulando portão do prédio dos outros pra fazer arruaça, esses dias ao chegar flagrei um deles deitado em cima do meu carro,quando o repreendi o pivete foi mal educado, então tive que ir até a casa dele pra ter uma conversa com os responsáveis, e ai ja viram né? confusão formada pq os papais e mamães não admitem q se fale nada pro filhinho deles e acham q o filhinho ta sempre certo,nunca faz merda,nunca vacila!!! e aquela frase irritante e comum:"são crianças, crianças são assim mesmo",nao sei vcs, mas isso me aborrece muito! sou casado ha 12 anos, escolhemos não ter filhos exatamente pq não temos paciência pra crianças,muito menos pra adolescentes!ou seja, não quero filhos pra não encherem o meu saco e muito menos o saco dos outros,mas os papais e mamães não pensam assim,infelizmente. Quer encher o saco? quer ficar fazendo zona? faça! não posso fazer nada qto a isso,mas não invada meu espaço nem mexa nos meus troços!!!não tenho obrigação alguma de aturar pentelhação de criança que não foi eu que fiz!!!

    ResponderExcluir
  25. Putz! Me causou náusea ler os comentários acima! Que Deus me livre de "humanos" como vocês.

    ResponderExcluir
  26. Putz! Me causou náusea ler os comentários acima! Que Deus me livre de "humanos" como vocês.

    ResponderExcluir
  27. "Toda vez que eu crítico, eu me confesso no outro" Sabia frase, que explica muito essa indiferença de alguns, aos seres mais gentis do planeta: as crianças. Suponho, repare que vou partir de uma hipótese, que os adultos não gostam das crianças pq elas simbolizam exatamente o que não são é isso os incomoda. São leves a astutas nada preconceituosas, não julgam, portanto não condenam, somam, agregam, fazem parte, convivem, se espantam, é verdade o que é apresentado a elas causa espanto, causa curiosidade, torna a vida interessante. E você, sr. Adulto, há quanto tempo não sente alegria, há quanto tempo a sua vida não te causa espanto? De certo pq deve se monótona, chata, melancólica,triste. É esse o seu Universo? Pois bem, neste espaço que você vive, e que insiste em chamar de vida, não cabem, vc tem razão, as crianças, por um simples motivo: elas te repelem, não há atração, há sim uma repulsa natural. Vc sr Adulto que não gosta de crinça, não é ambicionado por nada nem o mal te quer. Vc é oco, vazio, desprovido da capacidade de amar,e não pense que falo do amor ao outro,não, falo do amor por si mesmo. A criança representa o início, e vc sabe que é exatamente aquilo que vc não pode mais ser pq vc já é o fim, vc já está morto, criança é vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quanta visão preconceituosa, retrógrada, odiosa, essas palavras são de negatividade e futilidade com muita mágoa com quem não compartilha da mesma visão de vida, dizendo vc já esta morto! Pessoas com esta mentalidade não são influentes na sociedade atual ficam no seu pequeno universo particular com seus iguais, os diferentes se afastam e ignoram solenemente, pois eles só exergam o próprio ponto de vista, num mundo de diversidades .
      O texto é digno de compaixão. Entendemos seu amor pela sua prole, mas nos não precisamos de crianças para nos afirmarmos na vida e não vamos interagir por não termos afinidade, não odiamos crianças simplesmente não nos identicamos. Somos estranhos para quem pensa diferente, vivemos a nossa maneira, com nossas verdades e sabemos que o universo é infinito e cheio de possibilidades.
      Felicidade é não viver alienado sendo gado, seguindo padrões impostos de uma sociedade hipócrita, é viver a sua verdade sendo quem e como você quiser, seja sendo mãe de 3 filhos lindos, dona de casa, sapateando ou virando o eremita da montanha, cada um com a sua indivialidade e as suas particularidades. Não sentir alegria, vida monótona chata e triste! Pessoa vazia sem amor próprio! Sério que a Sr phd em comportamento de toda humanidade que não é fã de crianças acredita mesmo nisto (muitos risos!) Vazio e mal é este pensamento negativo, em outras vertentes não é assim, existe algo chamado amor genuíno por si próprio e amor genuíno por toda humanidade e cada indivíduo tem a sua missão na terra, é o que te faz feliz, que faz o coração bater, que faz sentido pleno, a sua provavelmente é ser mãe e se dedicar e amar sua família, viva a sua verdade e deixe os outros viverem a deles. Deveria pensar antes de ter feito um post vergonhoso deste, desqualificando quem não corresponde suas expectativas.
      Destrave a mente se renove e comece a adquirir conhecimento e visão de mundo mais ampla, para quando seus filhos estiverem na adolescência e juventude você não ser a senhora desatualizada, obesolenta e conservadora. Muitos q não tem afinidade com crianças foram criados em uma família amorosa, tem muitos casos assim!
      Um espanto? Tem pais de família infelizes sofrendo de depressão e cometendo suicídio conheço casos 3 casos, em um desses a esposa do depressivo e problemático pensava que vivia com um marido feliz que cuidava da filha deles, mas só ela era feliz, o cara também a traia pois ficava preocurando mulher para preencher o vazio! Filhos não preenchem vazio da alma ( nem sexo casual!) .
      Cada um é feliz do geito que melhor lhe convém. Uns viajam, já ouviu falar em nómades digitais q só pensam em viajar e já são uma verdadeira comunidade mundial! Uns são felizes meditando num mosteiro budista até o fim da vida. Outros dedicam- se a trabalho voluntário, a uma religião, a parentes e amigos, a alguma causa. Muitos hoje não querem saber de crianças são outros tempos, as pessoas podem fazer suas próprias escolhas, antigamente tinha a pressão de formar família e amar a prole, mas nos EUA, Canadá, nos países da Europa ocidental e oriental na Austrália já esta assim, a taxa de natalidade em alguns países esta baixa a muito tempo. Tem sempre uma criança me olhando eu não as repilo e não as maltrato, elas olham pois são curiosas e as vezes mimadas e querem atenção, é pura hipócrisia interagir sendo falsa simpática ou para inflar o ego dos pais, sendo que eu não me identifico. Ninguém repele ninguém apenas as energias não se entrosam. E nos somos muito vivos e felizes pois hoje existem diversas maneiras de expresarmos e exteriosarmos nosso ser sem termos que seguir certos padrões. Paz e luz e muito amor para quem tem uma visão limitada de vida e mundo e para quem assume a sua indivialidade e para todos !

      Excluir
  28. Obrigado pelos comentários acima. Vcs me representam! Viva a diferença! RAFAEL

    ResponderExcluir
  29. não gosto e pronto! gritos, choros, berros, credo....

    ResponderExcluir
  30. Também não tenho e nem sinto essa admiração por crianças a ponto de ver uma e começar com aquela babação chata, vozinhas e tal... Me irrita bastante também o mal comportamento de algumas, mas mais ainda dos pais que assistem a tudo e acham lindo e quando alguém reclama eles se chateiam. Escolheu ser mãe/pai? Então assuma o papel de educá-los! Lembrando, sr. Pais, que educação significa principalmente repreendê-los quando necessário. E definitivamente aceitem quem nem todo mundo é obrigado a sentir afeição por crianças e nem por isso ser uma pessoa ruim. Infelizmente as inposições sociais cegam.

    ResponderExcluir
  31. Também não tenho e nem sinto essa admiração por crianças a ponto de ver uma e começar com aquela babação chata, vozinhas e tal... Me irrita bastante também o mal comportamento de algumas, mas mais ainda dos pais que assistem a tudo e acham lindo e quando alguém reclama eles se chateiam. Escolheu ser mãe/pai? Então assuma o papel de educá-los! Lembrando, sr. Pais, que educação significa principalmente repreendê-los quando necessário. E definitivamente aceitem quem nem todo mundo é obrigado a sentir afeição por crianças e nem por isso ser uma pessoa ruim. Infelizmente as inposições sociais cegam.

    ResponderExcluir
  32. Assunto complicado pois quem tem filhos irão achar que pessoas que nao gostam de crianças(assim como eu)uns monstros mas a questao é a seguinte papais e mamães voces preferem ter pessoas que nao gostam de crianças perto dos seus filhos(fingindo gostar) ou pessoas que deixam claro suas preferencias???....E mais,o fato de nao gostarmos de crianças nao quer dizer que faríamos mal a elas,esse é o erro de muitas pessoas,acharem que o bonzinho é sempre realmente bonzinho e o sincero muitas vezes é chamado de "pessoa ruim" ou ate mesmo "sem carater".Desculpem o texto.

    ResponderExcluir
  33. Tbm nao gosto de criança. E digo mais: desconfio é de quem muito gosta, a pedofilia ta aí para provar isso. Respeito crianças como respeito qualquer um mas nao gosto delas. São irritantes, burras e complatamente imunes as regras basicas de convivencia em sociedade, as pessoas dizem quando fazem birra, ou outra criancice " aah é apenas uma criança...".
    Prefiro nao gostar e repeitar comonum outro humano do que fingir que gosto pra agradar pais babões.

    ResponderExcluir

O que você acha???